Você está aqui

Encontro Acadêmico Internacional Cidades, Energia e Sustentabilidade: Experiência da Alemanha

A Faculdade de Saúde Pública (FSP/USP) e o Programa de Pós-Graduação em Ambiente Saúde e Sustentabilidade (FSP/USP), com apoio do Núcleo de Apoio à Pesquisa em Mudanças Climáticas (INCLINE), do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG/USP), do Instituto de Energia e Ambiente (IEE/USP), do Programa de Pós-Graduação em Saúde Global e Sustentabilidade (FSP/USP) e do Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública, convidam para o:
 

Encontro Acadêmico Internacional Cidades, Energia e Sustentabilidade: Experiência da Alemanha
Palestrante: PhD. Stephan Tomerius – Universidade de Trier, Alemanha

Debatedor: Prof. Ildo Sauer – Diretor do Instituto de Energia e Ambiente (IEE/USP)

Data: 06 de maio de 2014 – 09h00 às 12h00

Local: Auditório IAG, do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG/USP) – Rua do Matão, 1226 – Cidade Universitária – São Paulo

Inscrições pelo link: http://goo.gl/M210XT

 

SINOPSE

O evento contará com a participação como palestrante do Prof. Dr. Stephan Tomerius, pesquisador da Universidade de Trier, Alemanha, cujo escopo de pesquisa envolve a análise de estratégias e instrumentos no nível urbano capazes de contribuir para a sustentabilidade das cidades, com especial destaque neste evento para a questão energética. De acordo com o Prof. Stephan, a questão energética vem sendo muito debatida na Alemanha, país que possui, tanto tradicionalmente, como constitucionalmente, um papel institucional forte dos municípios na implementação de leis e políticas internacionais, federais e estaduais. No que diz respeito às políticas de sustentabilidade e legislação ambiental, muitas das estratégias de progresso e exemplos práticos encontram-se nas cidades, seja na área de integração do uso de energias renováveis no desenvolvimento urbano e, especificamente, no planejamento urbano, seja em outros campos relevantes para a sustentabilidade, como a gestão de resíduos sólidos e da água ou proteção do uso do solo. No que diz respeito à proteção do clima e do uso de energia, deve-se destacar que a Alemanha empenha-se para substituir a produção de energia convencional, baseada na energia nuclear, carvão ou óleo, para fontes de renováveis de energia, em um desafio político denominado transição energética (energy-turn).Após a palestra seguirá debate com o prof Ildo Sauer, Diretor do Instituto de Energia e Ambiente.