Você está aqui

Água

Norte Energia toma terra de ribeirinhos à força sem pagar pela área e parte da produção

A Norte Energia (Nesa), concessionária responsável pela construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, desapropriou, através de ordem judicial, mais uma propriedade na área de construção do canteiro de obras da barragem, às margens do Rio Xingu, destruindo a casa da família e depositando o valor da indenização em juízo no Banco da Amazônia.

Centro de Saberes e Cidades Socioambientais da Bacia do Prata

O Centro de Saberes e Cuidados Socioambientais da Bacia do Prata constitui uma rede de instituições dos cinco países integrantes da bacia platina (Argentina, Bolívia, Brasil, Paraguai e Uruguai) que têm a água como elemento integrador de ações que visam a construção de um futuro sustentável para o território platense.

Tags: 

Para uma casa ecologicamente correta

Matéria do RepórterEco da TV Cultura sobre Cesar Pegoraro, biólogo, morador na zona oeste de São Paulo,  que realizou adaptações em sua casa, exercitando sua responsabilidade com o meio ambiente.

Vídeo disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=DjNd0xCCrtI

A verdade sobre os “piratas” da Somália. Saiba quem realmente são os piratas

Um documentário imperdível sobre o badalado assunto da pirataria nas águas internacionais da Somália (leste da África). A imprensa internacional tem ocultado as motivações e a realidade dos fatos noticiados. Antes disso, trata de criar versões mentirosas e distorcidas sobre um país que vive há anos em pleno “estado de natureza”, numa insólita situação hobbesiana, sem governo estabelecido, em guerra civil permanente, fome generalizada, centenas de milhares de refugiados, guerra de raças, etc.

PARA ALÉM DA PARTICIPAÇÃO: aprendizagem social na gestão de recursos hídricos

A gestão dos recursos hídricos passou por profundas transformações ao longo dos últimos vinte anos. A crescente complexidade e interdependência dos problemas associados a demanda e oferta por água em quantidade e qualidade adequadas levou ao aumento de conflitos entre os atores sociais. A resposta institucional foi uma maior flexibilização das normas que regulam o uso dos recursos hídricos. Estas reformas promoveram especificamente a participação de um maior número de atores sociais nas questões relacionadas à água, garantindo-lhes também maior poder no planejamento, gestão e implementação de políticas públicas.

As megacidades

Atualmente existem 21 megacidades no mundo. Até 2040 possivelmente esse número cresça para 60. Alguns autores vêm na redução da população rural e na tendência internacional do crescimento dos centros urbanos uma solução para a superpopulação. Os centros urbanos “verdes” diminuiriam a pressão da ocupação humana nos meios naturais. Os autores argumentam corretamente que os menores índices de crescimento populacional ocorrem em áreas urbanas.

Caderno metodológico para ações de educação ambiental e mobilização social em saneamento

O caderno metodológico para ações de Educação Ambiental e Mobilização Social em Saneamento apresenta algumas referências metodológicas voltadas a estimular e contribuir para o desenvolvimento de ações articuladas de educação ambiental e mobilização social, que tenham como características a participação popular e o comprometimento com mudanças estruturantes na busca pela construção de sociedades sustentáveis.

 

Disponível para download em:

Educação Ambiental e mobilizacao social em saneamento

A cartilha trata de um caso hipotético de mobilização e organização social, com uma linguagem clara e didática, que aborda aspectos relativos à organização comunitária e ao planejamento participativo a partir dos problemas relacionados ao saneamento e à saúde ambiental. Material ilustrado.

Disponível para download em:

Leis de proteção dos direitos ancestrais de água dos povos indígenas no Chile

Este artículo representa un estudio exploratorio que recoge información sobre el problema de los derechos de agua ancestrales de los pueblos indígenas en chile, centrándose en los instrumentos jurídicos que tratan de conceder tales derechos a estas personas. los derechos de aprovechamiento de aguas del país se venden en una lógica de libre mercado, respaldada por la legislación de aguas vigente.

Páginas

Subscrever RSS - Água