Você está aqui

Responsabilidade Empresarial

A revolução silenciosa das energias renováveis

A renovação do Protocolo de Quioto não pode ser o objetivo dos países em desenvolvimento nas duas próximas conferências do clima, a que acontece em dezembro deste ano em Lima e a de 2015, em Paris, onde se espera um novo acordo global. A afirmação é chocante, uma vez que Quioto apoia-se em dois princípios aparentemente incontestáveis, sob o ângulo da justiça ambiental.

Uso eficiente de água e energia

De acordo com o relatório Gestão da Água sob Risco e Incerteza, publicado pela ONU em 2012, “a água é um recurso natural crítico, do qual dependem todas as atividades econômicas e ecossistemas. Sua gestão requer arranjos de governança apropriados que permitam tirar a discussão das margens do governo e levá-la para o centro da sociedade”.  Segundo o Relatório de Conjuntura dos Recursos Hídricos, publicado pela ANA (Agência Nacional da Água) em 2013, entre 2006 e 2010, houve aumento de cerca de 29% da retirada total de água no País.

Marketing verde e a propaganda ecológica

A preocupação com o meio ambiente levou a uma modificação no perfil do consumidor e no seu padrão de escolha de um produto ou serviço no mercado. Para determinados segmentos de mercado, o consumidor se tornou mais crítico na escolha do produto ou serviço, assim como também se tornou mais cético em relação ao teor das mensagens criadas pelos anunciantes para promover os atributos ecológicos de seus produtos, ou ao comprometimento da empresa em relação à preservação do meio ambiente.

Educação para a sustentabilidade nos cursos de administração: reflexão sobre paradigmas e prática

Na última década, multiplicaram-se os módulos, cursos e programas relacionados à sustentabilidade no ensino superior em geral, assim como mais especificamente no ensino da Administração. O propósito deste artigo é apresentar uma reflexão e uma avaliação de tais esforços e mapear caminhos para a construção de módulos, cursos e programas por meio de uma reflexão sobre paradigmas da educação e suas práticas.

La Ecoeficiencia Empresarial: Su contribución al desarrollo local sostenible en los marcos de la globalización neoliberal

El trabajo tiene como objetivo analizar la contribución de la ecoeficiencia empresarial al desarrollo local sostenible en los marcos de la globalización neoliberal. Presenta los principales aportes de la investigación “Consideraciones generales sobre la ecoeficiencia empresarial y el desarrollo local sostenible” 2010, inmerso en un Proyecto de la Delegación provincial de Ciencia-Tecnología y Medio Ambiente de Santiago de Cuba.

Subscrever RSS - Responsabilidade Empresarial